Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

Refúgio de luz

Cá estou eu, de volta a este meu mundo mais verdadeiro, onde, finalmente, vejo a razão.

Talvez pela calma característica deste meu refúgio, eu consiga, aqui, ter coragem para proceder da forma mais correcta, mesmo que não seja a mais agradável.

Aqui consigo perceber que se critico o mundo por ser egoísta e juíz de todo o desagradável, não me posso tornar mais uma fonte desse egoísmo,

Custa-me, não o posso negar, mas nem sempre aquilo que tem que ser feito é aquilo que nos parece mais fácil. Aqui relevo-me desse outro mundo exigente demais para ser generoso e sinto que a cada lofada de ar fresco, a cada raio de sol que penetra o meu corpo, eu purifico a minha alma, e como tal, tenho de ser fiel a mim mesma.

A razão é única, não se deixa manipular por favoritismos que muitas vezes nos impedem de ser justos. Foi por isso que tudo terminou, porque tinha de terminar, porque era assim que tinha de ser e desde o início que ambos sabiamos disso. Se é assim que tem de ser, a mim apenas me cabe aceitar e esperar que, desta vez, realmente dê certo.

 

Mary, 10 de Junho de 2007

sinto-me: iluminada
música: um pouco de céu
tags:
publicado por Mary às 20:03

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A cor do Natal

. Fim da plenitude

. Sonhar

. Distância

. Reencontro

. Fim da ilusão

. Lembrança

. Refúgio de luz

. Talvez

. Máscara de vida

.arquivos

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Saudade

. Mundos opostos

. Anjo

.as minhas fotos

visitaram o meu mundo
The WeatherPixie
blogs SAPO